quarta-feira

Corrida das Fogueiras 2017 - de volta definitivamente




Se eu vos disser que na Corrida das Fogueiras do último sábado tive praticamente as mesmas sensações da prova épica que fiz o ano passado, acreditam? Mesmo tendo feito quase mais 4min? Podem acreditar que durante a prova a luta foi tão intensa como no ano passado. E até a indisposição pela massa que comi andou lá perto J
Pois é … eram 16h quando chegamos a Peniche … um grupinho de Pernetas que se juntou a outro grupinho de Pernetas que já lá estavam desde de manhã. Eram 19 horas e fomos jantar ao mesmo restaurante do ano passado … e tal como no ano passado encontrei o João Lima e a Mafalda, acompanhados pela Isa e pelo Vitor. Mas desta vez estive atento à hora para ir jantar J

O jantar foi divertido … estava tudo descontraído, nenhum Perneta estava ali com grandes objectivos. Pedi o mesmo que o ano passado e disse à menina que nos estava a servir que ia ganhar a prova. Ela riu-se … mais para o fim vão ver a piada disto J

Por incrível que pareça este Perneta descobriu a cerveja na semana passada ... e mamou logo duas 

ah e tal ... depois querem correr muito ... 

isso ... enche o bandulho ... depois queixa-te ... 

Á saída do restaurante ainda deu para cumprimentar o Nuno que ainda não conhecia pessoalmente.
Pernatas on tour

Fomos ao carro equipar e deu-se continuidade à parvoíce … antes ainda tiramos umas fotos de família entre Pernetas e 4 ao Km. Equipar e aquecer … fiz um aquecimento bem razoável o que não é muito habitual. Duas coisas no aquecimento … as pernas super perras e a massa aos saltos no estomago (ó diabo … mesmo com 1h30 de digestão) … a coisa não vai ser fácil, mas isso já seria de esperar.
a entrar para o "balneário" ...

e é isto ... dois finos e tá o caldo entornado ...


Pernetas "on fire"  ... 

Aqui com o Torpedo Amarelo (finalmente) ... e sim, tou gordo, eu sei :)

Com Isa & Victor ... e alguém que não aguenta com 2 finos (por enquanto) 

4 ao km & Pernetas ... fez-se história... 

Mesmo em cima da hora entrei bem lá na frente do longo pelotão de quase 4000 atletas – tive direito a pulseira vermelha pelo tempo conseguido no ano anterior. Os 11seg entre tiro de partida e a minha passagem pela meta mostram o quanto eu estava na frente da corrida.
E tal como o ano passado fui obrigado a dar à perna no meio daquela malta que pareciam cavalos … 3,57min no primeiro km e respiração controlada e passada descontraída … hmmm … deixa ir … 3,58min de média ao km 2 … será? 3,58min tb ao 3º km mas aí já sentia que a coisa não podia dar certo … santa inocência, não há milagres … decidi manter o ritmo alto até aos 5km, aproveitando a primeira passagem pelo centro de Peniche e o apoio do incansável publico … mesmo assim baixei um bocadinho tendo chegado aos 5km com uma média de 4,02min/km o que era excelente.
Seguia-se os 5km mais difíceis … com uma subida não muito inclinada mas com 3km até ao forte … o que vale é que a noite estava com umas cores magnificas, o mar do lado direito, as fogueiras e sempre pessoas a aplaudir. Tinha definido um objectivo …. Se no inicio achava que um tempo no minuto 1h05 seria muito bom, agora queria lutar pelo meu segundo melhor tempo de sempre aos 15km (1.03,14). A média estava a subir, ia em dificuldades mas a lutar bravamente … a massa no estomago estava a incomodar mas não tanto como no ano passado … para ter hipótese teria que chegar lá acima com uma média de 4,10min/km … e cheguei …
… o problema foi o estado em que cheguei … estava de rastos … de tal forma que no km seguinte a média baixou para 4,12min/km …estava a ficar perigoso e eu sem grande força. Aproveitava as descidas para acelerar e tentava não perder muito nas ligeiras subidas ou nos planos que me apareciam pela frente.
Sensivelmente aos 12-12,5km, na entrada de Peniche aparece uma subida de uns 300m e não tive pernas … senti um esvaziar de força inexplicável … ferrei-me todo mas mesmo assim a velocidade desceu para 4,50min/km ….já foste Perneta … quando cheguei cá acima deitei a toalha ao chão … “deixa lá … já é muito bom” … mas este resignar durou apenas uns poucos metros (talvez 100, máximo 200, nem sei) … não que tivesse recuperado muitas forças, mas olhando para o relógio e fazendo contas de cabeça dava para fazer um tempo dentro do minuto 3 e isso foi motivação suficiente para continuar a luta … e depois havia aquele km final em que nos carregam até à meta com tantos aplausos e estava a contar com isso.
O que não contava é que andasse tão rápido, cerrei os dentes e foi sempre a abrir, com uma moldura humana incrível é muito mais fácil … não olhei mais para o relógio … estava no redline … vi a Ana e a Isabel no meio do público, mais à frente ouvi um “vamos velhinho” num megafone que me pareceu familiar (e confirmei mais tarde que era o meu menino Bruno) e entrei na recta da meta com o relógio oficial a entrar no minuto 3 … ainda arranjei força para um sprint e mal passei a meta olhei para o meu relógio …

O tempo oficial viria a ser + 2segundos, 1h03 certinhos e o meu segundo melhor tempo de sempre. Objectivo criado durante a corrida cumprido … não foi nada fácil, foi uma luta muito grande mas fiquei mesmo muito satisfeito. O ano passado naturalmente que estava mais, até suei dos olhos mas acreditem que este ano fiquei mesmo muito contente com a minha prestação.
Só para terem uma ideia … este ano ainda nem 900km tenho feitos, sempre por pinças – no ano passado estava a meio da preparação para o Mont-Blanc e levava mais de 1800km – diferença mínima J … depois não me ressenti de nenhuma das lesões que tive durante estes primeiros meses, nem muscular nem do joelho direito. E uma das minhas qualidades parece estar intacta … a capacidade de sofrimento está cá dentro J
Ainda fiquei na meta à espera do Jorge e do Sérgio, e fomos ter com a malta. Ao sair da zona ouvi anunciar os 3 primeiros classificados … o 2º era um tal de Carlos Cardoso J J Jnem de propósito … ao passar no Restaurante onde jantamos os empregados estavam à porta a ver a malta a passar … e lá fui eu ter com a menina e disse “não ganhei, mas fiquei em segundo …” … ela riu-se e eu mostrei-lhe o dorsal “estás a ver … chamo-me Carlos Cardoso …. Quando puderes vai à classificação ver se não é verdade, fiquei em segundo” J e virei costas e vim embora … ainda encontrei a malta dos 4 ao km na fila para as farturas, a Isa (muitos parabéns ;)) e o Vitor e um eufórico João Lima (mais conhecido como o torpedo amarelo - muitos parabéns) que tinha batido mais um RP.
Buscar sardinhas, ir tomar banho ao hotel, assar sardinhas com a malta, comer e beber e eram 4h da manhã quando fui dormir. No domingo tive que regressar cedo, os Pernetas ficaram a passar o dia pela zona.
2ª participação seguida em Peniche … adorei (obrigado a todas as pessoas que nos apoiaram nas ruas durante a prova – espectáculo). Para o ano se tudo correr normalmente voltarei!!

12 comentários:

  1. Desejo muito que este de volta seja mesmo definitivo.
    Muitos parabéns pela tua prova!

    As Fogueiras são um oásis no meio do cinzentismo nacional em termos de entusiasmo popular.

    Foi um prazer rever-te. Na próxima vez será para uma maiorzita...

    Um abraço e força!

    ps - penso que haverá uma gralha quando escreves que o teu segundo melhor tempo era em 1.13...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O prazer é reciproco :) ... e penso que desta vez é mesmo de vez, já treinei 3 vezes esta semana e tirando cansaço normal nem sinal das lesões.
      Abraço

      P.S. Tens razão ... já corrigi .. obrigado

      Excluir
  2. Que grande relato! Muitos parabéns pelo resultado e ainda bem que correu bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Parabéns tb pela tua prova :)

      Excluir
  3. Parabéns pelo segundo lugar! :D
    E obrigado por não me teres atirado ao mar como tinhas sugerido há uns tempos atrás! :P
    Foi um prazer conhecer-te pessoalmente, mesmo que apenas por breves instantes. Em Novembro há mais!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lol ... o prazer foi reciproco.
      Abraço e Novembro já está aí a virar a esquina

      Excluir
  4. Ehh pahh, ainda bem que não jantei massas... Passei a tarde a chatear toda a gente, porque queria comer massa, felizmente o nosso líder (o L) aconselhou me a comer algo mais leve... Comi metade de um bifana, que foi os 15km a rebolar no meu estômago... Acho que ainda lá anda...

    Parabéns pelo excelente tempo. Aquele publico é espectacular...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) ... acho que para o ano como uma tosta mista e bebo duas mines ;)
      Parabéns pela conclusão da prova e boa recuperação.
      Beijinhos

      Excluir
  5. Parece mesmo uma prova aborrecida... blhéc! :P
    Mas ainda bem que estás de volta! ;)
    Parabéns!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito ... vocês é que podiam ter aparecido.
      Obrigado.
      Beijinhos

      Excluir
  6. Gostámos de te rever :)
    E fizeste uma grande prova, com um 2º melhor tempo de sempre! Parabéns!
    As Fogueiras é uma prova sempre especial pelo enorme carinho do publico.

    Beijinhos e abraços e até à próxima :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu é que tás de parabéns :)
      Beijinhos

      Excluir