quarta-feira

Passadiços do Paiva - o Perneta foi e gostou


Hein??? F%$&&-se, ca%/(%-lho, JÁaaaa?!?!?! Ainda agora adormeci… J
 
 
 Estava na hora de levantar … hoje era dia de ir aos Passadiços do Paiva … desde que aquilo inaugurou que tinha vontade de ir ver como era, se possível fazê-lo a correr … devo ser um dos poucos que ainda não esteve lá … é novidade, é fora do comum, inserido numa zona lindíssima e de borla … aliado ao bom tempo que faz à semanas estão reunidas as condições para as autênticas romarias a que se tem assistido … eu mesmo, à pouco mais de uma semana tinha passado numa das entradas do Passadiço, um domingo ca.10h30, e vi com os próprios olhos a confusão que era … nãaaa … nada disso … o Perneta não quer confusões, o Perneta quer desfrutar do Passadiço … só há uma forma … levantar (muito) cedo, começar o mais tardar às 7h, ir e voltar para estar de regresso quando as excursões começarem a chegar … e como estou de férias hoje seria o dia ... daí o levantar a horas pornográficas J

Ás 6h estava na Corga de Lobão, ponto de encontro com o Pedro que ia comigo. O Pedro é um primo meu, a quem ando a tentar incutir o “bichinho” da corrida – a coisa está bem encaminhada, o bichinho ainda não “ferrou” a 100% mas vamos com calma …. além de mais um companheiro de corridas, se o Pedro aderir tem outra vantagem … ele tem praticamente dois metros de altura, juntando-o ao Zé Alexandre, ao Nuno Lima e ao meu irmão (que tb anda a correr regularmente), se a coisa der para a batatada estou safo … haverá sempre um “armário” para me esconder atrás e esperar até que a coisa passe JJJ … ainda tenho o Pires para entrar nesta equipinha … 2m e qualquer coisa … este caso está mais complicado, mas eu não desisto J

Cafézinho na Vila de Arouca, e siga para a Praia Fluvial de Areinho, onde se situa uma das duas entradas nos Passadiços (a outra é na Espiunca). Decidimos por este lado, porque o Pedro já tinha feito o outro lado dos Passadiços à umas semanas atrás – assim ficava a conhecer este lado. A mim tanto me fazia, sempre tinha a ideia firme de ir e voltar … eramos os únicos naquela hora …

… 7h04min… sigaaa…. um bocadinho de caminhos em terra e lá estava ele, o Passadiço, novo em folha … pouco depois já se via na encosta da serra os primeiros degraus para subir … são umas poucas centenas de degraus, que me põe logo a caminhar (ensaiei uns passos de corrida, mas desisti rapidamente da ideia) … quando chegas ao fim dos degraus, levas com mais caminho em terra, muito inclinado para conquistar o cimo da serra … violenta esta entrada … para terem uma ideia, são 100m D+ no primeiro km …

 
olhó Joelho direito Perneta!!! ... põe-te aos saltos e depois diz que o café tem formigas :)


 
uma dupla que mais parece uma tripla ... ainda todos sorridentes, coitados :)
 
 





 

… continuam os caminhos em terra até que chegamos a uma das melhores partes do percurso … uma enorme escadaria, a serpentear pela serra abaixo …. Aqui já vou sozinho … o Pedro tinha-me dito para seguir, que iria ao ritmo dele e que nos encontraríamos na volta, algures … a descer todos os santos ajudam, menos quem é Perneta … mas o joelho direito portou-se bem desta vez … tb ajuda o facto de estar constantemente a parar para tirar fotos …

… aliás, no percurso de ida, o parar para admirar a beleza das paisagens que nos são oferecidas e registar o momento com fotos, é uma constante … a “viagem” de ida pode considerar-se uma corrida turística … a volta já seria diferente …
 
 
…descida a escadaria sem fim, dá-se inicio a uma viagem de vários quilómetros (penso que 5 ou 6) em Passadiço de Madeira no lado esquerdo do rio, por entre as gargantas que rasgam o caminho entre serras, estendendo o tapete para que o Rio Paiva passe … os caudais andam fracos … mesmo assim ainda dá para ver algumas zonas com rápidos e tb algumas cascatas tímidas … os passadiços correm numa cota baixa, de forma ondulada, ora sobe, ora desce … sempre do lado esquerdo do rio … a altura em relação ao rio vai variando, nunca chegando a descer à cota do rio, embora existam zonas onde é possível aceder ao rio, como por exemplo na Praia do Vau (sensivelmente a meio), onde existe um pequeno bar que estava encerrado à hora que passei …






 

 


 
… um pouco antes da Praia do Vau fui experimentar a famosa ponte suspensa … entre outras proibições, não se podia correr … mesmo que o quisesse fazer na mesma teria desistido logo … aquilo fazia um efeito suspensão … estranho J

 
 
… quando faltava ca. de 1km para chegar à Praia Fluvial de Espiunca encontro as primeiras pessoas em sentido contrário … até Espiunca contei 6 pessoas no total e já seriam quase 8.30h … tirando nos primeiros dois km em que tive a companhia do Pedro, em todo o resto do percurso de ida fui eu, o rio Paiva, as serras, a vegetação e os pássaros de diferentes espécies que pareciam cantar à desgarrada à minha passagem … estão a ver porque me levantei tão cedo? … vale a pena J







… cheguei a Espiunca e o relógio marcava quase 9km … hora de fazer um pequeno abastecimento … demorei 1h26min para chegar aqui … uma breve analise ao percurso feito … hmm … 240mD+? … a não ser ao inicio nem dei por ele J




 
se estiverem por esta zona tem que ir a Alvarenga comer o bife (Arouquesa) ... o bife passa o bordo do prato, e não é o prato que é pequeno :)


 
... abastecimento do Perneta ...

 
Táxi??? Nã ... deixem estar, que vou a pé ;)



… guardei o tlm e estava na hora de regressar pelo mesmo percurso … agora ia ser em modo treino, sem exagerar … e assim foi … imprimi um ritmo certinho e os km começam a passar rapidamente …. aqui dou-me conta como tudo é muito próximo …. Já começo a sentir algum cansaço … embora o percurso seja ondulado, neste sentido sobe muito mais … não é muita inclinação mas mói … vou tão distraído com o desfrutar desta corrida que me esqueci completamente dos últimos km que me esperam … quando começo a avistar ao longe os passadiços a começar a inclinar mais a sério lembro-me da escadaria que ainda terei de subir … 

…chego à fundo das escadas e paro pela primeira vez no regresso … uma golada de isotónico e saco de telemóvel para fazer um pequeno filme … saiu isto … JJJ
 
… desculpem lá qualquer coisinha, mas foi o que saiu … mas lá continuei a bom ritmo por ali acima, ofegante e a caminhar é certo, mas sem paragens … o joelho à “Mantorras” queixava-se um pouco mas ignorei e lá cheguei cá acima …. desde que o passadiço começou a inclinar mais a sério até ao cima da escadaria sobe-se 160m D+, em apenas 800m de distância … não é fácil J … siga para os últimos 2,5km do percurso, que incluem uma descida acentuada em caminho de terra e aquela escadaria inicial mas agora a descer … 2h28min e 17,6km depois estava a chegar ao carro onde já estava o meu primo à minha espera … 550m D+ e 1000 degraus depois … mesmo a “brincar” a coisa é durinha e um excelente treino…

… a ideia inicial era de dar um mergulho no rio e de beber uma mine no bar da Praia do Areinho – mas como às 10.30 o bar continuava fechado, nem mine nem mergulho L …. vamos mas é embora ….
Resumindo, gostei muito … está tudo impecável, ainda é novo (espero que assim se mantenha durante muitos anos) … este passadiço é uma excelente ideia e uma bela obra, que permite a qualquer comum mortal aceder a estas zonas maravilhosas com algum conforto. Toda a envolvência é apaixonante para quem gosta de natureza … durante o percurso encontramos várias placas informativas sobre a Biologia e Geologia existente neste local … mas atenção – não é um percurso fácil (na minha opinião mais fácil do sentido Areinho-Espiunca do que ao contrário) para quem não pratica desporto regularmente … não esquecer dos cuidados básicos – levar líquidos, alimentos, protector solar, chapéu, roupa e calçado adequado … existem telefones SOS espalhados pelo percurso, e tb existe a possibilidade de “abandonar” a viagem a meio, junto da Praia do Vau … tanto em Espiunca como no Areinho existe ainda a possibilidade de chamar um táxi para fazer o transfer, resolvendo o problema de voltar à outra ponta de entrada onde se deixa o carro. Tudo organizado portanto J

Para a malta que corre, é sem dúvida um percurso interessante, não só pela envolvência, mas pelo percurso durinho, com desnível e escadas (muitas). Dá um belo treino. Vale a pena fazê-lo pelo menos uma vez. Quanto a mim, de certeza que voltarei – se para correr ou apenas desfrutar com família e amigos não sei – para treinar não necessito de percorrer 1h de carro para lá e outra para cá, para ter acesso a estes desníveis – já aquela escadaria toda vale a pena para quem estiver a treinar para uma prova mais exigente (MIUT?!?!?) … fazer umas repetições ali deve dar direito a um andar novo, de certeza absoluta… J

Venham experimentar …vão gostar de certeza J  
 

32 comentários:

  1. Fantástico, fosse mais perto e de certeza que ia experimentar.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada como vir a Arouca passar uns dias ... existe aqui tanto que fazer que ocupas os dias sem problema, sempre com coisas diferentes. Aconselho vivamente.
      Abraço

      Excluir
  2. Local bem escolhido para um treino. Conto lá ir no próximo domingo, mas em modo passeio e aproveitar o dia. Como vão crianças, terá de ser mesmo assim.
    Parabéns pelo registo fotográfico e vídeo.
    Beijinhos.:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Prepara-te para uma romaria .. aos domingos é a confusão total. Divirtam-se.
      Beijinhos

      Excluir
  3. UAU! Tipo...UAU!!!
    Lindo, lindo, lindo! Esse passadiço e essa paisagem...confessa lá...foi mesmo para ficarmos todos roídos de inveja! ;)
    Olha que resultou...

    Beijinhos e bons treinos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que ideia genial, os dois pombinhos virem até Arouca fazer um fim de semana romântico e cheio de aventuras ... opções não faltam, comidinha da melhor e os preços super acessíveis. Pensem nisso, e se vierem apitem ...
      Beijinhos

      Excluir
  4. Não te posso dar ideias, pah!!! Perneta dum raio!... Mas vou guardar os insultos para o feicebuque... :P
    Então está aprovado, certo? Quero mesmo lá ir, mas se calhar vou deixar passar o querido mês de Agosto. Anotei os conselhos para ir cedinho e, sobretudo, do bife! :D Mais algum? E praias fluviais ou locais jeitosos para uma crioterapia?
    Beijinhos
    PS: O 'tou f*dido' não era por causa daquelas "escadinhas", pois não??!! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha lá, não me destes ideia nenhuma .. já estava planeado para esta semana, só não sabia o dia ao certo :)
      Aprovadissimo ... para ser melhor, era fazer um dos percurso pré-definido e marcados que existem + o passadiço :) ... praias fluviais não faltam ... so na extensão do passadiço são 3 ... Arouca e o seu Geoparque oferecem um sem fim de opções para "passar" o tempo, a comidinha é daquela que a malta gosta e os preços muito em conta. Em Agosto? Só se fizeres como eu, cedinho e durante a semana.
      Beijinhos

      PS - apanhaste-me ... o "tou fo...." foi quando me lembrei que uma tal de menina que corre pra caraças ia ficar "chateada" quando visse esta posta :P

      Excluir
  5. Muito bom! Grande obra!

    Pena ser longe...

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas vale a viagem, em passeio e combinando com outras coisas que a região oferece.
      Abraço

      Excluir
  6. Que grande posta Carlos! O ultimo video está top :)
    Temos de marcar um treininho ai. Tenho que conhecer isso.
    Um abraço amigo Perneta :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ;)
      Para ti não é longe, 1 horita e pouco e tás lá.
      Aquele abraço amigo BYL

      Excluir
  7. Tentador!
    Muito fixe o passadiço!
    Já aí fiz rafting no Paiva. Foi uma experiência fantástica... e fria! :)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda fui a banhos no Paiva à duas semanas e não achei que fosse frio ...
      Abraço

      Excluir
  8. Desde que vi o teu post em que escreveste sobre o Passadiço e o comentário da Menina que fui ver o que isso era e que espectáculo!

    Até porque a zona é muito agradável e merecedora de uma visita (novamente).

    Deixa passar Agosto e tenho que ver os fds disponiveis :)

    Esperemos que haja civismo dos utiizadores e manutenção dos organizadores.

    Não percibi do relato, mas apanhaste o primo Pedro na volta? ou o rapaz ainda anda por lá???

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) ... não duvides que vale a pena visitar a zona .. mas deixa passar Agosto ... até havia aí um fim de semana em que vais estar aqui por cima, lá mais para o fim do ano ... mas não é aconselhável ir correr no passadiço nesse sábado, muito menos depois da prova no domingo ;)
      Quanto ao meu primo não leste com atenção ... quando cheguei ao fim ele já estava à minha espera ... vai lá ler essa parte sff :)
      Abraço

      Excluir
  9. Paisagens brutais! Agora a parte de correr por ai? Hummm, não é para mim :p

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que é para ti ... sem duvida :)
      Abraço

      Excluir
  10. Esse treino deve ter sido fantástico! Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi ... vale a visita. abraço

      Excluir
  11. Bem...começares este magnifico post , com a foto de abertura...Não se faz !
    :P
    Pois...esse passadiço !!
    Junto com o campo de treino em Penacova do Sá , é um dos proximos "desejos" !!

    Pelas tuas fotos , e descrição , é mesmo obrigatório ! :)
    E grandes videos , percebo-te perfeitamente.

    E com a dica dos "bifes" , agora é que vou mesmo lá !!
    ...depois quero a morada certa ! ;)

    Boa continuação de treinos grande Carlos
    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo, já me conheces o suficiente para saber que gosto de me rir, a começar por mim mesmo ... e não tenho problema nenhum em partilhar a minha parvoíce ... foi com esta cara que acordei, e foi neste momento que começou a minha história ... por isso, querem comer a carne, tem que comer os ossos tb :):):)
      E sim, é obrigatória a visita ao Geoparque de Arouca, bifes de Alvarenga incluídos. Quando decidires vir cá, apita ...
      Grande Abraço

      Excluir
  12. Nossa eu fiz isso ontem a caminhar só para um lado ( Arainho-Espiunca), foram 4:30h!!!! Tivemos de voltar para trás de taxi!!! Nenhum do meu grupo tinha qualquer preparação física, foi muito duro!!! Ainda por cima levamos mixilas com comida e água pra lanchar na praia fluvial do Vau!!! Lindíssimo!!! Demos lá um mergulho que me resplandeceu, a água é tal limpa que até tem peixinhos!!!
    Não é para meninos!!! No Domingo ainda vou para a Pampilhosa com o Badolas!!! Hai!!! Só de pensar, ainda que só vá fazer os 7km!! Hai!!! A vossa vida é bem mais dura do que eu pensava!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha quem anda por aqui :):):) ... lindo, não é??? ...vocês fizeram em passeio, cumbibio com comes e bebes e mergulhos ... por isso é que demoraram as tais 4h30. Eu fui sozinho e a correr ... e não andei nos mergulhos (desta vez) ... não te preocupes, que os 7km da Pampilhosa vão ser feitos com uma perna às costas ... na descontra, com as outras pessoas nem vais dar pelo tempo passar :) Obrigadinho pela visita, pelo comentário e até amanhã.
      Beijinhos

      P.S. e não controles demais aí o menino Badolas hoje à noite, ele que beba umas mines valentes como de costume, se não chega lá amanhã e dá o berro :):):)

      Excluir
  13. Brutal. Tenho de o fazer...

    ResponderExcluir
  14. Deve ser porreiro de se fazer!

    ResponderExcluir
  15. Gostei da prosa e fotografias. Na realidade é um bocado do paraíso; fácil para um perneta, difícil para um jarreta ( como eu), mas só na primeira escadadia senti a ferrugem nos joelhos, mas, uma pequena paragem e um pouco de lixa lá ficararem que nem Ferrari. Abraço do jarreta75

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :):) ... bonito, não é? Paragem + lixa??? Obrigadnho pela dica, quem sabe não funciona comigo tb ;)
      Aquele Abraço, obrigado pela visita e pelo comentário

      Excluir
  16. Bom relato de uma experiência na primeira pessoa. Gostei, somente fiquei preocupado com o tempo e nível de esforço físico. Como pensava tirar umas fotografias, com tanta beleza natura, é possível que seja necessário um dia inteiro.
    Percebi, que existem horários, e que se paga bilhetes. Também não é permitido sair do percurso. o limite se não aguentar ida e volta, terei que que pensar em alternativas.
    Parabéns pela partilha desta experiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Arnaldo, antes de mais obrigado pela visita e pelo comentário. As regras entretanto mudaram. Eu fui ainda antes do incêndio. Agora as regras são outras, mais apertadas e ainda bem, para salvaguardar a obra e a natureza envolvente. Ir e voltar a caminhar, desfrutar, tirar fotos ... é tirar o dia .. com alguma preparação e devidamente equipado faz-se bem em minha opinião.
      Existem sempre táxis nas duas entradas principais, que podem fazer o transfer.
      Abraço

      Excluir