terça-feira

E a Aventura do Ano vai ser ....


Todos os anos me divido entre provas de estrada e provas de trail, curtas e longas distâncias. E todos os anos tento meter-me pelo menos numa “loucura” (ao meu nível pois claro) em trilhos. 

Ora bem ... em 2016 foi CCC, em 2017 eram para ser o Blue Island mas que alterei para o Faial Coast to Coast por falta de pernas e no ano passado foram os Caminhos do Tejo
E para 2019? 
Tchanaaaaaaammmmm … 



O Perneta vai aos Picos da Europa em fim de Junho … 70km com 5300 D+ … e não vai sozinho. A Pikinita tb vai J - no caso dela a maior distância que já fez até à data e a primeira em ambiente de montanha mais a sério. E a inscrição foi feita por equipa mista, ou seja, ambos os dois terão que chegar à meta, dentro do tempo limite com o máximo de 1min de diferença de um para o outro.  Assim é mais complicado porque se der o fanico a um ficam os dois de fora. Por isso, será um desafio a dois!!! 

Las Astúrias …

Já tínhamos falado nesta prova como possibilidade para 2019 e eu fiz a inscrição como surpresa de Natal , quando as coisas a nível de treino estavam a correr bem a ambos.

Neste momento já não é bem assim … eu estou em fase final de recuperação muscular e a Pikinita está parada e vai estar parada pelos menos mais um mês devido a uns problemitas que apareceram e que obrigam mesmo a evitar as corridas. Espero que se resolvam o mais rapidamente possível e acima de tudo, a bem. É que o tempo passa a voar, e fim de Junho está ali ao virar da esquina. Vai ser épico!!!

não sei se me preocupa mais os 1.600mD+ entre o km 34 e 37 se algumas descidas vertiginosas deste pente

Não se pode correr mas pode-se caminhar!!! É o que temos feito … e ao fim de semana quando se pode caminha-se no monte. 

3 gajas??? Será boa ideia??? 

tava fresquinho

"ahhh … isto até é giro"

tão a ver pq é pikinita … ou eu é que sou grande ;)

novos trilhos para os "Pernetas" 
 

passaram com distinção as dificuldades do percurso

e pronto … é isto … turismo 

selfie da selfie...

se eu sozinho já tiro 3453 fotos/km de trail percorrido, com a pikinita vai duplicar

pois … é a descer :P

ahh valentes … junto ao rio deveriam estar uns 2 ou 3 graus


até se congelavam os "tintins" … quem os tinha

placas de gelo com 2,5cm de espessura … acho que não preciso dizer mais nada

já passei dezenas de vezes neste trilho junto ao Inha - lama, terra, areia - pensava que já tinha visto de tudo por aqui mas enganei-me … eram 13h ... 

oupas ...

tava muito frio, mas estava lindo ...



yeahhhhh … finito???

meninas … estiveram 5 estrelas

Os Trilhos dos Pernetas vão ser ainda melhores este ano … dia 1 de Maio, Canedo City … 

Almocinho na D.Alice

com uma mesa colocada na rua, a levar com o solzinho na tromba … só 4 palavrinhas
 - MA-RA-VI-LHA

Conto com vocês para aquela forcinha durante estes próximos meses. Vamos precisar!!!

sexta-feira

Viana? Já fostes Perneta!!!



Tenho andado caladito por estas bandas. Desde o Natal que ando um bocado para o ocupado e além disso não tenho corrido, continuo lesionado desde o dia 26/12, dia em que fui fazer um treino de series pela fresca da manhã para desfazer as rabanada de Natal e em que no regresso a casa já a ritmos bem comedidos fiz uma contractura na coxa esquerda.
Foi uma bela de uma facada no objectivo que tinha para a próxima semana em Viana. Já andava um bocadinho para o atrasado na preparação devido a uma gripe e a uma recaída dessa mesma gripe, que me tinham obrigado a parar por vários dias (8 ou 9 no total em Dezembro). Mesmo assim sentia-me a melhorar de semana a semana e acreditava que poderia pelo menos lutar pelo tempo a que me tinha proposto. Ainda por cima ia ter uma lebre de luxo que se comprometeu a levar-me até onde eu aguentasse e depois me iria lançar a corda para me rebocar até ao fim – Luís Lobo, terá que ser numa próxima J
Nesta caminhada a aposta foi claramente para voltar a ganhar ritmo e estava no bom caminho. Depois das SS de Aveiro e de Mozelos, cheguei a Ovar (a crónica ficou para trás por falta de tempo) com o desejo secreto de conseguir um sub-40 … o facto de ter estado no fim da recuperação da gripe não deixou … aguentei a média abaixo dos 4min/km até aos 8km e já foi muito bom  … depois baixei a guarda durante umas centenas de metros e o último km acabou por ser o mais rápido de todos com os últimos 200m abaixo dos 3,30m/km … fique bem abaixo dos 40m mas a prova teve apenas 9,7km – a média foi de 4,01m/km … muito bom J



A semana seguinte foi a da lesão … recorri logo aos serviços do Rui que disse não encontrar nada de especial. Fiz tratamento, falhei a SS de A-dos-Neves ( a correr, porque a comer e beber Deus nos livre, devo ter ficado nos primeiros J)  e recebi “ordens” para tentar correr na São Silvestre do Porto no domingo dia 30. Não estava confiante e confirmou-se … durei 350m, da linha de partida até à estação de S.Bento, mal picou parei logo.

vejam bem quem é que eu apanhei por ali a tentar passar despercebidos


esta foto foi tirada quando decidi desisitir … 

foi isto ….

Mais tratamento e comecei a sentir melhoras durante a semana … no sábado dia 5 de Janeiro era dia de S.Silvestre de Espinho onde sou totalista. Queria mesmo participar. Quando fiz o plano para Viana era esta a prova onde iria dar tudo por tudo – queria chegar muito próximo do minuto 38. Agora só queria acabar, nas calmas. E foi nas calmas que comecei … 1km de aquecimento e estava bem. Aos 2km de prova em ritmo muito descontraído novamente a picada na coxa … paro imediatamente, não vale a pena forçar.
 

Mais uns dias parado – mas tenho caminhado J 
Aqui à procura de novos trilhos para os Pernetas





- e ontem, entre trabalho e jantar com um cliente, arranjei meia horita para voltar a tentar. E finalmente consegui correr 5km seguidos sem sinal da lesão – fui muito cuidadoso. Sempre com mil cuidados a tentar sentir o mínimo sinal. No fim alonguei, banho e fui comer picanha J 

Vamos ver se é para valer. Sei que ainda não estou 100% e vou levar a coisa com calma. No fim de semana talvez volta a tentar, quem sabe 7 ou 8km seguidos. Também vou manter as caminhadas. Tem que ser assim.
Viana? Falhei no ano passado por lesão … este ano se estiver em condições de ir lá fazer um treino vou, se não vou na mesma … comer um jesuíta,  apoiar quem corre e no fim almoçar a Ponte de Lima J 
Tenho que estar a 100% para começar a preparar uma aventura das grandes em que me meti … corrijo … em que nos meti!! Meti-me a mim e à minha pikinita J … um dia destes partilho com vocês. Tem a ver com trilhos, distâncias longas e estrangeiro J