sexta-feira

Á procura de desniveis


Mesmo por trás de minha casa existe um trilho giro, em terra com alguma pedra e com uma inclinação engraçada. Quando ando a treinar no meu quintal, passo quase sempre por ele no início do treino, inclusivamente nos Pernetas fizemo-lo até meio. Cá está ele…
não estão a ver??? ali....

Há muito tempo que andava a pensar em usa-lo para treinar “rampas”, aliás sempre que passo por ele pensava “tenho que vir para aqui fazer isto 10 vezes”….tenho a dizer que normalmente não o faço a correr, devido à forte inclinação era sempre meio a correr, meio a caminhar com passada forte. Pois…mas o tal treino de rampas neste trilho nunca tinha sido feito, mas com a necessidade de tentar preparar-me de alguma forma para os desníveis da UTDP, ontem foi o dia em que me atirei a ele como um “dragão”, aproveitando a hora de espera, enquanto a Maria estava nas explicações.

A intenção era de fazer aquilo 8 vezes….não convinha exagerar (sou mesmo inocente), porque domingo tenho o Trail de Pampilhosa, e mesmo estando a encara-lo como um treino longo, há que ter pernas para fazer 29km com 1000m D+ …além disso era dia de fazer uma experiência nova…tinha comprado estes meninos à quase meio ano, sem nunca os ter usado…estava na hora de os experimentar também...

…a Maria entregue no centro de explicações, e lá fui eu a correr em alcatrão até à entrada do mato onde está o dito cujo…tenho que acrescentar que o monte onde este trilho está inserido tem uma plantação de eucaliptos, que foi replantado à dois anos depois de um incêndio. Entre as fiadas de eucaliptos, existem carreiros em terra, que percorri, sempre a descer a serpentear até ao fundo da encosta, até um riacho que quase esbarra com o muro traseiro de minha casa. O trilho com a tal rampa é numa das laterais do eucaliptal.
...os primeiros 10-15m são muito inclinados, em single-track....
Fotografia
...depois o trilho alarga e a inclinação alivia um pouco, sem no entanto deixar de ser muito dura...
...na parte final volta a inclinar mais...ufa...
...é este o trilho...nos Pernetas....
E lá dei inicio à empreitada…só vos digo que de intenções está o mundo cheio….das 8 rampas previstas fiz apenas 6….5 foram a correr (quer dizer, um trote muiiiiiiiito lento) utilizando os bastões, a última a caminhar sem bastões (para ver se era mais rápido J – isto é desculpa, pois já não podia com um gato pelo rabo)…meus amigos…o coração parece que me queria saltar pela boca, os músculos das pernas a chiar por todos os lados, a partir da 2ª rampa, sempre que chegava mais ou menos a meio deixava de ver claramente….fiquei esgotado e depois dos 6 circuitos tinha apenas 5km feitos….parei um pouco…e como ainda tinha 20 minutos decidi ir para a estrada rolar mais um pouco, acabando por fazer mais 3km e mais umas inclinações, sempre com as pernas a pesar 1 tonelada cada uma…. esta merda custa pra cara…ças J

Aqui o desenho de altimetria do treino….um autêntico pente…
...em 1h03min andei quase 28min em "very hard" e 9min no "Red Line"...

…no total fiz 8,1km e deu 450m D+. O tal trilho tem apenas 250m de extensão e 60m de D+ (24%)…demorei a corre-lo (com os bastões), em média 2,35min….a caminhar demorei 3,04min (tb era o último e andei a tirar as fotos).

Quanto aos bastões foram uma surpresa muito agradável. Não tendo nunca usado, nem sequer saber como se usam correctamente foram uma ajuda preciosa sempre que era a subir…e não só no trilho/rampa, mas também nas outras subidas menos inclinadas que me iam aparecendo. Além de ajudar no impulso, ajudam no equilíbrio e na postura, evitando maior desgaste e consequentes dores nas cruzes que no meu caso são quase imediatas quando enfrento este tipo de terrenos. Muito bom mesmo. Nas descidas pelo contrário, são mais um empecilho, mesmo correndo com eles sem os colocar no chão…sem eles sou bem mais rápido – talvez seja falta de hábito e com o tempo possa corrigir isso. A correr com eles em plano não tenho problema nenhum…não sei como será numa distância longa, mas talvez seja apenas uma questão de hábito. Muitas vezes me lembrei do jeito que me teriam feito em alguns trails que fiz, enfrentar o "Elevador" por exemplo...técnica a desenvolver nos próximos treinos.

Hoje estou com os músculos um pouco doridos (esta semana já fiz 3 treinos de corrida e um de piscina) o que é sinal que o treino fez efeito – vou descansar e amanhã de manhã vou rolar 1 horita sem forçar nada para domingo estar em condições para o 2º Trail de Pampilhosa.
...hehehe...que grande coça....mas soube muito bem!!!

22 comentários:

  1. Lol! Pede dicas sobre os bastões à Anabela que ela está com a pica toda e já teve uma formação toda pipi com o Armando Teixeira! Tu precisas é de uma águia para voar nesses montes, o dragão só cospe fumo... :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e pronto, ele a dar-lhe ;)
      Abraço

      Excluir
  2. Ó Carlos! Então, 60 m de D+ em 230 dá uma inclinação de ...e vai 3, divide-se pelo IVA, isto é em Graus Celsius, opah, é inclinado!
    Pela conversa do organizador nem vais dar conta, aquilo é corrivel!
    É o que ele diz!
    Se ainda houvesse algo para minimizar as dores nas cruzes, sei lá exercícios específicos, reforço muscular dessa zona, isso é que era, se houvesse...
    Abraço, até me custou ler, quase tanto como tu andares...correres essas rampas todas!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tás a ver como a ler estas coisas até vais treinando e tudo... :D
      Abraço

      Excluir
  3. He he he!
    Força Carlos para a Pampilhosa :)

    Um abraço e diverte-te

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pampilhosa foi bué da fixe :)
      Abraço

      Excluir
  4. Treino valente. Vai lá vai...

    ResponderExcluir
  5. Tambem já me lembrei de usar os ditos bastões. Achas que vale a pena? Até domingo na Pampilhosa---

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens que experimentar...eu gostei.
      Abraço e foi um prazer conhecer-te

      Excluir
  6. SEN SA CIO NAL, amigo !!! Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei mesmo foi dos Abutres!
    E dizem que a inveja é uma coisa muito feia mas como eu queria ter um trilho desses na traseiras da minha casa!
    (se calhar era melhor não pois nesse caso os Abutres por esta altura estava a fazer a digestão de Jorge Branco he he he he)
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...pois, não é para qualquer um...eu sou um sortudo :)
      Quanto aos Abutres, eles que esperem sentados...
      Abraço

      Excluir
  8. Ah valente!!! Assim sem medos de enfrentar a bela da subida sim Senhor é de Homem!! eheheh
    :)

    Tenho que me atirar também a uma que por aqui tenho....

    Beijinhos e força para amanhã ... boa prova!

    ResponderExcluir
  9. Os treinos estão a correr a bom ritmo.

    Força para a Pampilhosa e ainda bem que a lesão se foi de vez.

    Abraço.

    Fernando Varela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Fernando. Hoje na Pampilhosa foi um teste mais a sério e correu bem...parece que estou curado.
      Abraço

      Excluir
  10. Ihih :) Uma coisa dessas no quintal de casa dá jeito!
    Deste-te bem com os bastões?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito, nas subidas são uma grande ajuda. Tens que experimentar.
      Beijinhos

      Excluir
  11. Vai ao Trail Camp. Já te disse.
    Fazes uma formação teórica e prática sobre o assunto.
    Depois não digas que eu não te avisei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E achas que eu não quero ir???? Pró ano, tá bem? :D
      Beijinhos

      Excluir