terça-feira

Ulfilanis Run 2019 - $$$



No passado feriado 25 de Abril voltei à Ulfilanis Run onde levo 3 presenças.
Esta prova sem grande tradição ainda me diz muito … primeiro porque se corre na minha terra, em Fiães, depois porque foi nesta prova que sem saber à altura se iniciou a saga da “Maratona dos 11km” - foi na primeira edição que eu a meio da prova “rasguei” a coxa uns dias antes da Maratona de Roma-  e por fim porque na edição do ano passado ter ido pela primeira vez na vida aos prémios monetários classificando-me no 5º lugar dos M45 e arrecadado uns fantásticos 5€ (que ainda hoje não gastei) J
Se isto ainda não fosse o suficiente, a empresa para a qual eu trabalho é patrocinador da prova, ou seja, temos sempre uma meia dúzia de inscrições e eu arrebato sempre uma borla. Tudo lucro J
E assim lá estava eu em Fiães um pouco antes da prova. A organização era como sempre do Fiães S.C., clube que representei durante as camadas jovens e ainda duas épocas como sénior em futebol. O Fiães S.C anda em convulsões, maus resultados e dificuldades financeiras levaram à demissão do presidente e quem tomou conta do clube há poucas semanas foram um punhado de pessoas que adoram o clube mas que de atletismo nada percebem. Daí a página oficial da prova não ser alimentada com informações desde fevereiro … qual seria o percurso? Não consegui descobrir. Apenas sabia que começava no estádio, ia aos Passadiços do Uíma e regressava ao Estádio. Uma dureza, garantidamente… 
malta do CAL presente … Euzinho, Agostinho, António Castro e Xô Presidente Dias

Com tantas provas comemorativas pela zona sabia que não ia ter muita gente e confirmou-se quando cheguei ao estádio do Bolhão. Mas havia “maquinões”, daquela malta que anda aos prémios … será que eu tenho hipóteses de repetir a gracinha do ano passado? Vou dar o máximo.
Ás 11h deu-se a partida e eu tentei sair rápido. Não foi difícil porque eramos realmente poucos. Logo após 100m saímos do estádio, temos uma rampa com outros 100m e depois começa a loucura … vão ser quase 3,5km com alguns planos mas quase sempre a descer.

Dou por mim a correr a 3,30min/km e pelo menos uns 30 ou 40 à minha frente, muita gente que conheço e que normalmente ficam atrás de mim. Cum caraças … sei o que nos espera na 2ª parte da prova mas não posso ficar muito para trás com receio de não conseguir recuperar. 
única foto que tenho da corrida (obrigado Dulce)… havia fotógrafos mas até hoje na página do evento nada foi publicado - aqui ainda vinha a ganhar posições com 1,5km mais ou menos

O percurso segue para Sanguedo, freguesia vizinha … ainda não temos 1,5km nas pernas e o ritmo normalizou um pouco. A minha média mesmo assim vai em 3,40m/km … estabilizo a respiração e continuo nas ultrapassagens, entre as quais as 4 primeiras mulheres, primeiro uma, depois a Cristiana e um bocadinho mais à frente a Helena Sampaio da Afis e uma miúda da Juventude Vidigalense … aqui ainda não sabia, mas a luta pelo primeiro lugar (e os respectivos 100 €) seria entre elas até uns 300m da meta … e eu iria lá estar J
… mas depois de as passar não baixei o ritmo e ganhei vantagem, passei mais 3 ou 4 homens e ainda antes dos 3km já não via ninguém … sabia que havia atletas  à minha frente, mas não sabia quantos … nem em rectas com uma visão de 200 ou 300m conseguia avistar alguém. É para vocês terem a noção do nível desta prova … eram alguns “cavalos de corrida” de outro nível, depois havia outros tantos assim como eu e o resto era malta bem mais lenta, menos experiente. 
Nunca me tinha acontecido algo assim … estava sozinho … atrás de mim, um grupinho com as duas primeiras e 2 homens, mas mesmo assim a pelo menos 100m quando entramos nos passadiços pelo lado de Sanguedo.
“Cuidado que está escorregadio” … que bosta, já adivinhava. Aquela zona quando chove ou choveu é uma pista de gelo. Depois tinha calçado as minhas Quantum que por muito boas que sejam não tem a aderência que se pretende neste tipo de piso. Segui com todo o cuidado possível. A tracção era pouca, os cotovelos do percurso eram feitos agarrado à estrutura dos passadiços.
A extensão dos passadiços toda devem ser uns 2km, entramos em Sanguedo, passamos em Fiães e saímos na outra extremidade na fronteira entre Lobão e Fiães. Uns 400m antes de chegar à saída sou alcançado pelas duas meninas da frente … o meu ritmo a medo ajudou a perder vantagem, mas o facto de ter deixado cair um gel que trazia no bolso e ter voltado uns 10m para trás deu a machadada final. 
Saímos dos passadiços num grupo de 4. Dois homens e as duas mulheres da frente. Agora é que iam ser elas … conheço muito bem as rampas que nos esperam, 4 verdadeiramente “fodidas” logo de seguida e uma menos inclinada mas prolongada um pouco antes da meta. Serão ca.3km no total. Vamos a isso.
Estava confiante porque eu subo bem. Logo na primeira volto a colocar-me na frente e a malta aproveita a boleia. Na 2ª rampa em paralelos escorregadios e que vem quase de seguida já estão com mais dificuldades e seguir-me mas o grupo fica junto. Vem aí a pior delas … não fui ver a inclinação mas não serão menos de 12% em 200 ou 300m … as minhas pernas fraquejam mas não sou o único … na última destas 4 continuo a forçar um pouco mas a malta não desarma.
Agora teremos 1km mais plano para recuperar. Forço o andamento e consigo deixar o grupo um pouco para trás. Mas as pernas não vão bem. Já no aquecimento que tinha feito senti as pernas cansadas o que é normal porque as semanas tem sido duras, com muito desnível, muitas horas em cima delas e sem treinar velocidade.
Chego à subida final … são uns bons 600m que vão inclinando à medida que vamos avançando. Já não tenho força para manter o ritmo nos últimos 100m, ouço passos atrás de mim … é o “meu” grupo .. mesmo no final da subida sou apanhado pelo outro homem e pela Helena Sampaio, espreito para trás e a miúda da Juventude Vidigalense vem uns 10m atrás mas já não tem força … decidiu-se ali a vitória nas mulheres … faltam 300m e vamos ali os 3 praticamente lado a lado … já ninguém força mais, não há sprints … o outro homem chega primeiro, a Helena depois e eu logo de seguida. A Helena vem agradecer-me a “boleia” … eu não fiz nada, só fiz a minha prova.
Desconfio que fiquei bem classificado – vou à lap2go perguntar – confirma-se, 20º da geral com 35m15s para 8,4km - 3º M45 e 20 € no papo. Do 17º classificado para o 18ª que chegou uns 3 segundos antes de mim são 2 minutos de diferença - é para verem a diferença de nível entre os 17 primeiros e os restantes. 
tivemos um sorte danada … choveu muito nos dias antes, durante a prova nada e no fim além da chuva até granizo caiu ..

O resto resume-se a ficar por ali na cavaqueira, ver a malta a chegar, subir ao pódio e levar uma ovação da malta que me reconhece como Perneta e sacar dos 20 € e ir para casa dos meus pais, banhinho e almoço J

Confesso que não me sinto muito confortável a subir ao pódio … não estou habituado, parece que aqueles lugares não são meus, não vos sei explicar porquê. Voltei a conseguir um prémio monetário, o nível da corrida é o que é … dos que estiveram presentes (e mesmo assim ainda foram quase 150) fui dos melhores e há que aproveitar quando assim é J
um gajo fica ali sem saber bem o que fazer, onde colocar as mãos, se pelo menos tivesse um copo na mão … lololol

A organização esteve bastante bem … tinha algum receio pela falta de experiência e por terem herdado a batata quente … tudo muito simples mas funcionou, especialmente o percurso, corte de estradas e gente na rua a zelar pela segurança e para que ninguém se enganasse nos cruzamentos – impecável. 
Será que vou ter que esperar mais um ano para ganhar mais algum $$$ a correr? Um dia destes ainda me profissionalizo nisto das corridas J
Estes 20 € foram divididos pelas duas filhotas J

10 comentários:

  1. Isto já começa a cheirar a semi-profissionalismo, a quadriplicar o prémio dum ano para outro e a rebocar uma histórica do nosso Atletismo, a Helena Sampaio! (corrige o nome que não é Barros)

    Muitos parabéns e venham mais

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehe :) por este andar lá para 2053 fico milionário (é só fazer as contas) … Obrigado.
      Aquele abraço

      P.S. Tens razão .. a Barros é outra. É a segunda vez que ando na luta com ela nos últimos tempos … em Oleiros "ganhei-lhe" e em Fiães perdi … temos que ir ao tira-teimas :)

      Excluir
  2. Bem, 20€, além de famoso agora é só arrebanhar prémios monetários!

    Parabéns!

    Olha, espero que tenhas trocado a de 20 por 2 de 10€, caso contrário as tuas filhas não ganharam nada ahahah

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso .. é só somar prémios … 1x por ano :P
      Gracias.

      P.S. e sim, uma notita de 10 para cada uma … antes de sair de casa tinha dito na brincadeira que ia num instante ali ganhar uma notita e já vinha … quando cheguei o interesse foi saber se havia nota ou não … prioridades :)

      Excluir
    2. Promessas são promessas...e elas sabem que estavas fantástico ;)

      Excluir
    3. lol … ainda bem que não veem in loco, assim devem imaginar o pai a chegar assim nos primeiros, na luta … se estivessem lá tinham a noção que entre o primeiro e o pai delas passaram quase 8min em 8,5km … hehehehe …. mas o que importa é a notita :)

      Excluir
  3. Depois de ler este texto, vou treinar mais, afinal vale a pena, 20 paus sempre são 20 paus e, ser profissional é o meu futuro :)
    Bom texto e, agora a sério, isso é "voar", pelo menos para mim é :)
    MIKE
    Happyrun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Treina treina … mas não apareças a estas provas se fores M45 … se fores de outra categoria qualquer estás à vontade :P
      Abraço

      Excluir
  4. ja dá para ir a um jantar :)

    ResponderExcluir