domingo

São Silvestre Espinho 2016 - uma história surreal, no minimo



Nem sei bem como começar isto … o que me aconteceu ontem foi um pouco surreal, no mínimo.
Ontem foi dia de S.Silvestre de Espinho … depois de o ano passado ter batido aqui o meu RP dos 10km (39,29min) e ter gostado da prova, este ano quis voltar. Além disso é uma excelente oportunidade de deitar cá para fora meia dúzia de rabanadas e começar o ano a bulir J
Andei o dia todo numa azáfama … saí de manhã de casa com o equipamento no carro, fui almoçar a casa de uma tia (farrapada e mais uma catrefada de doces J), e de tarde ainda tive uns afazeres quase até às 16h … equipei-me em casa de um primo e segui para Espinho onde me encontrei com os poucos (mas bons J), elementos do CAL para um cafezinho e a conversa da praxe. Tempo espectacular – fresco mas não frio, céu quase limpo, nada de vento e chuva nem vê-la. Comi apenas uma barra que tinha comigo e segui para um aquecimento leve com o Filipe Fontes, onde senti as pernas bastante soltas. Bem bom, afinal era dia de atacar o meu RP dos 10km J
Fomos cedo para a zona de partida, onde reinava o convívio e a boa disposição entre os atletas. Muita luz dos efeitos de Natal e do Casino ali mesmo ao lado, e um colorido enorme produzido pelas camisolas berrantes dos participantes da corrida (e caminhada). Entrei no lugar destinado ao grupo A onde estava pouca gente, e seguindo atrás do Filipe dei comigo com a fita da linha de partida encostada à barriga J … o ano passado parti em 2ª linha, esta ano estava mesmo na frente … como não existem prémios monetários, não existe ali elite … para ser sincero, não me estava a sentir muito bem ali, porque sou lento e sei bem como é que os “cavalos” costumam arrancar naquela zona … “ó diabo, ainda vou ser atropelado” J … comecei a olhar para a primeira centena de metros, para tentar descortinar uma trajectória por onde pudesse “fugir”, e comecei a tentar fugir para a direita da partida, colocando-me na 2ª linha … o Filipe só me disse …”arranca e não saias da tua trajectória” … iria cumprir essa indicação à risca … 5, 4, 3, 2, 1 … sigaaaaa….
ali vai ele... nunca tinha tido um tempo de chip igual ao tempo de prova ;)

Arranquei como se não houvesse amanhã (o meu Suunto registou 2,52min/km, a maior velocidade de todo o percurso, se não me engano o maior pico de sempre – pelo menos que me lembre) … e mesmo assim fui passado por um montão de atletas e não me lembro de ter passado nenhum (sou mesmo uma lesma em velocidade de ponta J) … e foi assim durante quase 1,5-2km … sempre a ser passado …

... costuma ser ao contrário, costumo sair de trás e passar um montão de gente … mesmo tentando não entrar em euforias o ritmo ia alto, ali a 3,30-3,35min/km … tinha a táctica bem definida … iria dar o litro nos primeiros 3,5km que são planos, tentando ganhar algum tempo para depois controlar a subir até ao alto de Anta (ca.6,5-7km) … queria chegar lá acima no máximo com 4min/km de média para depois atacar na descida até à meta … e assim foi ...
… na Avenida 8 junto à partida, quando cortei à direita para começar a subir a rua 23, com 3,5km, levava 3,42min/km de média … e sentia-me muito bem … excelente … o ritmo baixou um bocadinho mas ia bem …. este ano foram introduzidas pequenas alterações ao percurso, mas o desenho é mais ou menos o mesmo … a subida até ao cima de Anta não é feita a direito … fazemos 2 incursões à direita (uma na Rua 24 e outra na 28) onde percurso é plano e dá para recuperar o fôlego … é na primeira  que passo os 5km com 19,17min (RP na distância J) …

... quando chego finalmente ao retorno das bombas da BP levo 3,54min/km o que era excelente … sentia-me bem .. faltavam 3,5km, na maior parte a descer … o recorde estava (quase) garantido, mas o objectivo passaria a ser outro … com o tempo que levava e da forma como me sentia tinha ali uma oportunidade (quem sabe única) de baixar o minuto 39 … e sem entrar em euforias e correrias loucas e suicidas aumentei um pouco o ritmo … a descida para a meta é como na subida da primeira parte … não é a direito … existem novamente duas incursões à direita com retornos (uma na avenida 32 que após o retorno tem uma subida que fiz muito bem) e uma na Rua 24 onde no final atingimos os 9km … 3,53min/km de média … “vou conseguir” …

... só um grande azar é que me poderia impedir de baixar os 39min, ou então que a medição da prova estivesse errada (mais ou menos metros o que acontece muitas vezes) … entro na parte mais conhecida de Espinho, a parte final da rua 19 cheia de gente a assistir e as luzes de natal a enfeitar (é a Rua Santa Catarina de Espinho) … este ano tem um tapete vermelho em toda a extensão que é uma bela ajuda … esta parte é em calçada portuguesa, que quando está húmida escorrega muito … com o tapete colocado para as festas da época esse problema não se coloca …
nesta altura dava para tudo ... até para sorrir ;)

... contorno a rotundo e entra na Avendia 8 na recta da meta … lá ao fundo o relógio marca 38,30 … feito … os últimos 100 metros são feitos de braços no ar a festejar o feito … corto a meta com 38,48min, algo completamente impensável para mim, nem nos melhores sonhos, a sério … J … são quase 40 segundos a menos que o meu anterior RP nesta distância … não me perguntem como, só posso dizer que queria bater o meu recorde, e sabia que tinha que arriscar tudo, o que fiz … senti-me surpreendentemente bem, geri bem e fui feliz J

O CAL teve poucos mas bons … grandes tempos. Grande destaque para o nosso presidente Xô Lucidio Dias que a poucos dias de fazer 68 anos está numa forma invejável … fez 45,35min e 3º no escalão dele – mais um pódio bem merecido – pena que não se tenha apercebido que tinha feito esta classificação e tenha vindo embora sem subir ao pódio L

Aqui o vosso amigo Perneta classificou-se em 47º na geral (em 798 que terminaram) e 15º velhadas M40 (entre 127). Bem bom J
O que dizer em relação a esta prova e à organização. Apenas perfeito!!! Nada a apontar, zero. No ano passado tiveram 2 ou 3 falhas, algumas graves. Corrigiram tudinho e melhoraram ainda outros aspectos. Alterações ao percurso óptimos, fazendo com que exista mais público, e as ruas percorridas são melhores, com melhor piso e mais iluminadas. Por falar em iluminação, a zona perigosa de empedrado junto ao estádio do Espinho estava bem iluminada (no ano passado não havia luz). Os brindes muito bons (camisola técnica de manga comprida alusiva ao evento – no ano passado tinham dado uma camisola a dizer apenas atletas.net - e um gorro, além de medalha de finisher alusiva ao António Leitão que era de Espinho).
Não usei nenhum abastecimento, mas vi vários ao longo do percurso, todos eles com muitos voluntários que se alongavam numas dezenas de metros na berma para que houvesse o mínimo de confusão possível. Saliento as placas a indicar os km (e os retornos) … sempre certinhos … muito bom. Tal como no ano passado aderiu muita gente ao evento, não me refiro aos atletas (perto de 1000) nem aos caminheiros (uma centenas), mas sim ao público em geral … muita gente na partida e chegada, mas tb em quase todo o resto de percurso … e todos nós sabemos como sabe bem, e é importante, uma palavrinha de apoio, umas palmas ou outro qualquer incentivo que nos dão. Muitos parabéns! Grande organização … está bom assim, é só manter J Para o ano se puder, aí estarei novamente J
Aproveito para agradecer os muitos fotógrafos que cobriram esta prova – deram-me umas belas recordações deste prova que se tornou histórica para mim. Um agradecimento muito especial ao casal Susana Camhola/Fernando Costa (à filhota Carolina e ao Spot tb, claro J) que desta vez estiveram da parte de fora, a fotografar e a incentivar a malta … J
E pronto, foi isto … nada mau para um Perneta J … começo achar que tenho que treinar menos e comer mais porcarias (ainda J) … venha Viana no dia 17 …

32 comentários:

  1. Surreal, surreal, é continuares a falar de corrida quando voas em vez de correres! :)
    Mas mais surreal é considerares que és uma lesma e falares em picos de 2.52! :)

    Carlos, que tempo mais fantástico!!! Muitos e muitos parabéns!!! Que grande orgulho!
    E não tentes perceber como foi possível. Aproveita é o momento! :)

    Um grande abraço

    ps - Que linda homenagem em forma de medalha ao António Leitão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) ... quando digo que sou uma lesma é na velocidade de ponta ... a sério, saia disparado e toda a gente passou por mim :)
      Foi mesmo fantástico, modéstia à parte ... e tão inesperado. Muito obrigado e não te preocupes que o momento está a ser muito bem aproveitado :)
      Abraço

      P.S. O ano passado a homenagem foi melhor, com a difusão de um relato de uma das grandes vitórios do Leitão para toda a gente ouvir.

      Excluir
  2. Isso foi de partires com a barriga encostada à fita ao início... Aproveitaste que deixaste crescer a barriga (agora para as festividades) e foste dando balanço com a barriga! Parabéns pelo RP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale tudo meu amigo ... cada um luta com as armas que tem :)
      Obrigado.
      Abraço

      Excluir
  3. Começar o ano com um recorde pessoal é outra classe! Parabéns!

    Pelo que descreves até fiquei com vontade de fazer a prova!

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida... obrigado ... e ias gostar de certeza.
      Abraço

      Excluir
  4. Parabéns Carlos! Fantástico tempo. Este é o unico blog que espreito, já há uns anos, mas foi a primeira vez que avistei o famoso papa kilometros numa prova. Apesar de sermos do mesmo escalão entradote, quando for um corredor quero ser como tu... Eheh. E dia 17 lá estarei também a tentar tirar uns segundos ao meu modesto record da meia. Boas corridas e bom ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rui, pelas visitas a este cantinho e pelo comentário. Da próxima vê se te apresentas ;)
      Grande abraço, boas corridas e um bom ano para ti tb.

      P.S. Até Viana :)

      Excluir
  5. Grande Carlos! Sempre a arrepiar caminho. Um abraço meu amigo e um bom 2016 :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas Francisco ... tem que ser :) ... aquele abraço e um bom 2016 tb para ti.

      P.S. e se não for antes, vemo-nos nos Açores ;)

      Excluir
  6. Máquina! Parabéns e um óptimo 2016!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Paulo. Abraço e um grande 2016 para ti tb.

      Excluir
  7. Essa malta sem andamento que cola a barriga às fitas, e depois anda a pastelar...enfim...

    Grande tempo, Perneta.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rais os parta, esse gajos ;)
      Obrigado :)
      Abraço

      Excluir
  8. Que tempo fantástico. Muitos Parabéns.

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Que grande bomba !Atenção não me estou a referir a nada que possa influenciar o teu rendimento , mas sim a essa maquina que é O carlos Cardoso!!!!Muitos parabéns não é para todos ...estas no bom caminho agora também junto o vosso presidente que faz ver os novos.Um bom ano para todos e muitas alegrias , paz e saude para 2016

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :):):) ... Obrigado Joaquim, e sim, o nosso presidente é uma máquina ... se eu me apanhasse com a idade dele nessa forma :)
      Abraço e um grande ano para vocês tb

      Excluir
  10. Parabéns pelo RP! fizeste uma prova fantástica!
    Sair na frente faz toda a diferença! Ainda vais chegar aos 35'... :)

    A medalha é bonita e homenageia o António Leitão, que tive o privilégio de acompanhar de perto nos treinos e provas, ali naquele clube esquisito da 2ª circular :)
    Homenagem merecida a um grande homem e atleta!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiveste o privilégio de acompanhar o Leitão? Muito bom ...
      Obrigado, por acaso faz alguma diferença sair na frente... é verdade.
      Aquele abraço

      Excluir
    2. Sim... Eu era iniciado\juvenil... E via essa malta de perto, nos treinos provas e balneario. Para um apirante a corredor era uma inspiração! Leitão, Atabão, Alvaro Pereira, Cidalio Caetano,Rui Moreira... entre outros! E às vezes tinha boleia para Almada do campeão do martelo, o José Pedroso, que mal cabia no seu Renault 11 :)
      Recordações fantasticas e saborosas...

      Excluir
    3. Um privilégio sem dúvida ... que sorte!!
      Abraço

      P.S. Renault 11 foi o primeiro carro do meu pai em Portugal ... ganda maquina ... engraçado que desapareceram todos, não se vê nenhum na estrada :)

      Excluir
  11. Isso das provas fotográficas, muito bonito e tal... Mas, agora a sério, a quem emprestaste o relógio gps??! ;)
    Parabéns, belo início de ano.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tás a habilitar-te ... não sei a quê, mas estás :)
      Obrigado ...
      Beijinhos

      Excluir
  12. Mas qual era duvida caralhu ???!?!?!? eheheh

    PS
    ...não digo mais nada! ;)



    ...a não ser , quem é que tinha razão caragoooo ????? :P :D



    Parabens grande Carlos
    aquele abraço
    ajb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pronto ... agora tenho que aturar este!!! Mas por estes motivos é com todo o gosto :):):) ... obrigado.
      Grande Abraço

      Excluir
  13. Grande inicio de ano!!
    Muitos Parabéns pela marca.
    Que seja um ano de 2016 cheio de provas assim "surreais" :-)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Tiago.
      Aquele abraço

      Excluir
  14. Mas já começas com os RP? Isto vai ser assim o ano todo? Assim perde a piada... Vou deixar de cá vir ;) parabéns pelo excelente tempo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser assim o ano todo ...lol ... não te preocupes, no dia 17 vou tentar que haja outro e depois só lá para Novembro ... por isso, podes vir aqui à vontade ;)
      Obrigado.
      Abraço

      Excluir
  15. Grande tempo sim senhor. Mas isso de saíres antes do relógio começar a andar é que está mal :P
    Parabéns e um 2016 cheio de bons kms!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :):) ... é para veres a rapidez deste Perneta ;)
      Obrigado, tb para ti um excelente 2016.
      Abraço

      Excluir