quinta-feira

A problemática da Partida e a minimização de riscos


O meu amigo João Lima escreveu lá pelo cantinho dele mais um artigo pertinente, sobre um tema, que na minha opinião, merece toda a atenção e divulgação.

Apesar da haver muito chico-espertismo por parte de alguns dos atletas, muito típico dos portugueses (e infelizmente não apenas na corrida), tenho visto muitos destes "deslocados" nas boxes de partida errada por desinformação e desconhecimento ... quando digo desconhecimento, refiro-me a não saberem no que se estão a meter, pois acima de tudo é perigoso para eles e para os outros. Se com esta divulgação houver apenas um que adapte a partida à sua realidade, já terá valido a pena. 

Toca a divulgar ...

10 comentários:

  1. "A onde estava pouca gente, e seguindo atrás do Filipe dei comigo com a fita da linha de partida encostada à barriga J … o ano passado parti em 2ª linha, esta ano estava mesmo na frente … como não existem prémios monetários, não existe ali elite … para ser sincero, não me estava a sentir muito bem ali, porque sou lento e sei bem como é que os “cavalos” costumam arrancar naquela zona"

    Tenho dito :)

    Agora a sério, há quem o faça propositadamente e tenho a certeza que não sabem "como é que os “cavalos” costumam arrancar naquela zona".

    Eu sou lento e é raro a prova em que no 1º km não ultrapasso 5 vezes mais o número de vezes que sou ultrapassado.

    sensibiliza, sensibiliza.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... :):):) eu sei como é que é e por isso é que depois de ter a fita colada à barriga fugi de fininho para a direita, colocando-me em 2a linha ... e mesmo assim .. e não havia elite, ali o grupo A era sub-40 ... abraço

      Excluir
    2. Foste CATADO!!! eheheh

      O JNR topou-te bem!!!

      Abraço!

      Excluir
    3. Hehehe ... pois fui ;)

      Excluir
  2. Obrigado Carlos pela divulgação :)

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. ..estou certo que os xicos espertos vão continuar...eles coitados são felizes assim.Na ultima S.silvestre do Porto passei mais de 2000 pessoas no primeiro km...imaginem eu que sou lento.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho dúvidas disso..
      Abraço

      Excluir
  4. Carlos, aqui no Brasil não é diferente de Portugal. Pessoas mal educadas tem no mundo todo, infelizmente, mas para nossa sorte há países onde as pessoas são civilizadas e mostram que ainda há o que ser salvo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, felizmente são muito mais os "bons" :)
      Abraço

      Excluir